Posts Tagged ‘final fantasy

08
jun
10

Análise: Final Fantasy I (PSP)

Uma das mais conhecidas franquias de rpg, pertencente a Square-Enix, é Final Fantasy.

Sem dúvida todos já ouviram falar desse série de jogos, mesmo que apenas depois dos filmes. A série teve início na década de 80, sendo nomeada dessa forma por ser a última aposta da Squaresoft para se manter na época. O principal concorrente dessa franquia na época era a franquia Dragon Quest.

Depois desse momento de memórias, vamos ao ponto desse post. Ontem acabei o jogo Final Fantasy I, para PSP. Consiste em uma edição comemorativa aos 20 anos de Final Fantasy, lançada a uns 3 anos atrás. O remake do original para NES 8 bits não deixa muito a desejar. Os gráficos do jogo foram todos refeitos em 2D com uma boa qualidade, diferente de alguns remakes para NDS que ganharam versões 3D, e o mesmo ganhou até uma cena CG na abertura. A história é bem fiel ao original ( eu já havia jogado o original, porém não cheguei a acabar o mesmo na época ).
Porém o jogo, apesar der se um prato cheio para os saudosistas, tem pontos fracos. O principal ponto fraco de todos é a frequência insana de batalhas. Chega ao ponto de em alguns momentos você não conseguir dar 2 passos sem pegar batalhas seguidas, tornando quase impraticável explorar as dungeons sem muita paciência. As batalhas são extremamente fáceis, só apresentando alguma dificuldade nos dungeos opcionais e nos 5 chefes do jogo. Todas as demais batalhas basta ficar apertando repetidamente o botão de ataque e pronto. Devido a isto perigo de jogar esse jogo é alto : quase joguei o psp na parede umas 5 vezes.

Como pontos fortes do jogo está a inclusão de opcionais e extras para o jogador: uma galeria de artwork ( com vários desenhos de Yoshitaka Amano, que já desenhou para Sandman ), uma dungeon nova ao fim do jogo, a trilha sonora excepcional de Nobuo Uematsu ( que acompanha a série por muitas edições, sendo que tenho certeza que até o FF 8 as músicas são dele ainda ) e um bestiário que registra os monstros que já enfrentou.

E o ponto mais interessante que achei do jogo foi que a versão japonesa é a versão internacional, ou seja, só há uma versão do jogo que é a japonesa. Esta versão apresenta o idioma japonês e inglês. Achei muito bom isso, de não terem lançado mais de uma versão.

No demais o jogo é fiel ao original, mantendo sua qualidade através dos anos. Realmente não há uma história tão complexa como os Final Fantasy mais recentes, porém é uma boa história, tendo seu desfecho, e praticamente toda a explicação, no último chefe.

Por fim, o fator replay desse jogo é baixo.

Nota: 7,5.

Agora, rumo ao Final Fantasy II ( e ao XIII ).
Até a próxima pessoal.